A linha temporal de River Song [Doctor Who]


O artigo A linha temporal de River Song [Doctor Who] foi publicado originalmente no blogue abraiante.net em 31 de maio de 2013.



SPOILERS, SWEETIE!

Não leias esta publicação a menos que visses, no mínimo, até o episódio 7x13 "The Name of The Doctor" da série Doctor Who. Se já o viste, continua a ler.


Clica na imagem para alargá-la. Além da imagem, a linha temporal de River Song também foi explicada com um bonito vídeo narrado por Alex Kingston no episódio de Doctor Who Confidential 6x13 "When Time Froze".

No Universo existe uma profecia: «Nos campos de Trenzalore, na queda do undécimo, onde nenhuma criatura viva pode mentir ou não responder, uma Pergunta será feita, uma pergunta que nunca jamais deve ser respondida». Para prevenir que essa profecia se cumpra, foi criada uma ordem religiosa, O Silêncio (The Silence). O seu objetivo é simples, matar o Doutor e que o silêncio caia quando a pergunta for feita. Mas matar o Doutor não é tão fácil assim, é preciso um plano complexo, e O Silêncio tem um.

O plano começa com o sequestro Amy Pond enquanto está grávida. Amy é substituída por um doppelgänger, de maneira que ela continua a viajar na TARDIS, mas fisicamente está no Demons Run. Quando o Doutor compreende o que está a acontecer e destrói o doppelgänger, Amy Pond acorda no momento do parto (6x06 "The Almost People").

Nasce assim Melody Pond, filha de Amy e Rory Williams. Apesar de os pais serem humanos, Melody é concebida na TARDIS enquanto viaja através do Vórtice do Tempo (Time Vortex), o que dá ao seu genoma caraterísticas de Senhor do Tempo (Time Lord). E é precisamente esse o motivo por que O Silêncio a quer, é a pessoa idónea para ser criada e educada como arma para matar o Doutor.

O Doutor tenta resgatar Amy e Melody na Batalha do Demons Run, mas só consegue resgatar Amy. O bebé é roubado com a mesma trampa com que sequestrárom a mãe, substituíndo-o por um dopplegänger (6x07 "A Good Man Goes to War").

Melody é levada a um orfanato dos Estados Unidos na década de 1960. No seu quarto do orfanato vê-se que tem fotos da Amy, polo que se supõe que nessa altura é ciente de quem são seus pais. É também nessa altura onde constroem o traje de astronauta que manipula a pessoa que tem dentro, um plano B no caso de que houver algum problema. Assustada, chama por telefone ao presidente Richard Nixon dizendo que o astronauta a vai comer (6x01 "The Impossible Astronaut"). Finalmente, consegue fugir do orfanato para viver na rua, onde enferma até estar prestes a morrer. Nesse momento, regenera-se (6x02 "The Day of the Moon").

Viaja então até Leadworth para passar a infância com os seus pais. Converte-se assim em Mels, a amiga da infância de Amy e Rory, e a pessoa pola qual decidem chamar Melody a sua futura filha (sim, decidem chamar à sua filha Melody porque assim é como se chama a sua amiga Melody, que é a sua filha...). Cresce junto com eles até que se encontra com o Doutor, momento em que o ameaça com uma pistola e decide ir matar a Hitler. No gabinete de Hitler, recebe um disparo e regenera-se na aparência que conhecemos como River Song. Depois de várias tentativas de matar o Doutor, acaba por envenená-lo com um beijo, mas finalmente compreende quem é e salva a vida dele gastando todas as suas regenerações restantes. O Doutor leva-a para um hospital no futuro, o melhor hospital do Universo, onde lhe dá o seu diário da TARDIS. Quando se recupera, decide ir à Luna University estudar Arqueologia no ano 5123 (6x08 "Let's Kill Hitler").

Tempo depois O Silêncio encontra-a, mete-a no traje de astronauta e manda-a para o passado (6x12 "Closing Time"). Emerge das águas do lago Silencio (Lake Silencio), em Utah, onde o Doutor está com Amy, Rory e uma versão futura de River. Na beira do lago, no momento em que o traje de astronauta deve disparar e matar o Doutor, River consegue deter o mecanismo. Mas como a morte do Doutor é um ponto fixo no tempo, o tempo colapsa e cria-se um Universo paralelo onde o tempo fica parado e toda a história acontece à vez. É aí onde River casa com o Doutor, momento em que lhe revela que na realidade está dentro do Teselecta, com que ao disparar-lhe não o vai matar de verdade. O tempo volta ao normal e River dispara ao Teselecta com forma do Doutor, parecendo que assassina o Doutor (6x13 "The Wedding of River Song").

River é condenada à prisão perpétua polo assassinato do Doutor, e é apresada no cárcere de Stormcage no século 52. Ali vai vê-la o Doutor no seu primeiro dia de prisão para terem o seu primeiro encontro (míni-episódio First Night), onde se acabam por se juntarem até 3 versões de River Song. Ainda que se fuga amiúdo, River sempre regressa ao cárcere depois de cada aventura, para continuar com a sua condena.

Tempo depois, River recebe uma chamada de Winston Churchill, que necessita contatar com o Doutor para avisá-lo de que algo terrível vai acontecer, a julgar por um quadro de Vincent van Gogh onde se vê a TARDIS explodindo. River fuga-se de Stormcage e vai ver a Dorium Moldovar, do que consegue um manipulador de Vórtice (Vortex manipulator) para poder viajar no tempo e no espaço. Tem então lugar a história da Pandorica (5x12 "The Pandorica Opens", 5x13 "Big Bang Two").
Nota: Ainda que segundo a linha temporal oficial da BBC a história da Pandorica acontece depois da dos silent, não pode ser assim. Na história dos silent leva posto o manipulador do Vórtice, que se ve como compra justo antes da historia da Pandorica.
Numa das suas aventuras em solitário, River topa-se de novo com a TARDIS enquanto está a combater com uns sontarans. Ali junta-se com outras duas versões dela mesma (a do primeiro encontro e a do último), às que não chega a ver. O Doutor manda-a logo de novo para Stormcage (míni-episódio "Last Night").

Mais tarde, nalgum ponto da sua estância em Stormcage, ela vem dum encontro com o Doutor e encontra-se com Rory vestido de romano, que lhe pede ajuda na Batalha do Demons Run. Ela diz-lhe que não aparecerá até o final de tudo, já que seria interferir na sua própria linha temporal (6x07 "A Good Man Goes to War"). Quando acaba a batalha, aparece para explicar ao Doutor que ela é a filha de Amy e Rory (6x07 "A Good Man Goes to War").

De novo na sua cela, um dia recebe uma carta num envelope de cor azul TARDIS. É do Doutor, convidando-a a ver como ela o matou. Encontra-se em Utah com Amy, Rory e o Doutor, e assiste no lago Silencio como o seu eu do passado emerge da água no traje de astronauta e mata o Doutor. Depois de incinerarem o corpo, encontram-se com uma versão anterior do Doutor e viajam a 1969, onde acabam com a invasión dos silents. Durante toda esta aventura River finge não saber nada, mas realmente sabe que é ela o astronauta que mata o Doutor, sabe que o Doutor não morre na realidade e sabe que a menina que chama por telefone assustada também é ela própria. No final, quando o Doutor deixa River de volta no cárcere, ela beija-o, mas para ele é a primeira vez... o que na teoria significa que, para ela, será a última (6x01 "The Impossible Astronaut", 6x02 "The Day of the Moon").

Mais adiante tem lugar a historia do Byzantium, onde Amy conhece por vez primeira River (5x04 "The Time of Angels", 5x05 "Flesh and Stone"). Logo depois desta aventura vai à casa dos pais, onde está uma versão mais futura de Amy, que pensa que o Doutor está morto. Ainda que não deve, River revela-lhe que o Doutor continua vivo e que todo fora uma montagem (6x13 "The Wedding of River Song").

Chega um momento em que River é posta em liberdade. Como o Doutor estivo a apagar toda a informação acerca dele de todas as bases de dados do Universo, não há evidência de que o homem que ela assassinou tenha existido nunca. Assim acaba por ir a Nova Iorque em 1938, onde tem lugar a história dos Anjos Chorões (Weeping Angels) em Manhattan. Afinal desta história, o Doutor perde Amy e Rory e fica sem acompanhante para as suas viagens, posto que oferece a River. Ela diz que ainda se verão mais vezes, mas que não pode viajar com ele o tempo todo (7x05 "The Angels Take Manhattan").

A seguinte vez que se encontram é quando ele a leva ao Darillium para ver as Torres Cantoras (Singing Towers). O Doutor sabe que é o último encontro que terá com ela (míni-episódio "Last Night").

E finalmente chegamos à Biblioteca (The Library), quando o Doutor (na sua regeneração anterior) conhece River pola primeira vez, e River vê o Doutor pola última vez. No final acaba morrendo e sendo salvada no computador da Biblioteca, onde a sua consciência ficará viva para sempre (4x08 "Silence in the Library", 4x09 "Forest of the Dead").
Curiosidade: Os nomes destes dous episódios da Biblioteca, que é a primeira aparição na série de River Song, têm curiosas referências ao futuro da série. O primeiro chama-se "Silence in the Library", e "The Silence" é o nome da ordem religiosa que a raptou e a criou para matar o Doutor. O segundo é "Forest of the Dead", e a pista que fai que o Amy e Rory descubram que são os pais de River é a frase "The only water on the forest is the river" (A única água na floresta é o rio). Além do mais, River veste um traje de astronauta, como no momento em que mata o Doutor.
Erro de continuidade: Na biblioteca River encontra-se com o 10º Doutor, o anterior ao "seu" Doutor. Ela sabe que é uma regeneração anterior, e não posterior, porque no seu caderno figuram todas as caras passadas do Doutor. Então, à hora de sincronizar o diário com o Doutor... como é que lhe pergunta polo Byzantium, se nessa aventura o Doutor já era o 11º Doutor?
E como epílogo à historia de River e o Doutor, temos a aparição de River como um eco em Trenzalore. Isto permite que o Doutor e River tenham a despedida emotiva que merecem, com um último beijo e um Goodbye, Sweetie.